Flying sneakers!

Quase dia 7, ou melhor, era já dia 7; as horas é que são muito tardias. O motivo não foi o favoritismo, foi antes o impulso da primeira menina a pôr a mão no ar – Eu quero!

Segui-se: E gostas do modelo? Sabes qual é? E tens tempo? Muita pergunta junta para um levantar de mão certeiro e decidido. Eu vou entregar os balões, afirmo, não te importas? Num pensamento de altruísmo fulminante: Não, nem gosto muito desse modelo.

E partiu. Depois  da correria de um dia de mil afazeres, chega meio a horas de preto e caracóis ao vento do Outono. Conta exactamente três caras conhecidas: um da escola superior, outra da Modalisboa e o anfitrião da marca. O desconhecimento social é rapidamente quebrado e com muitos balões, hélio e ténis surge uma noite engraçada. Curta, intensa mas divertida.

A tarefa era encher 500 balões e oferece-los a pessoas cuja beleza fosse objectiva. Não era obrigatório, era brincadeira mas foi o suficiente para irem todos a pensar se a imagem que vêem ao espelho, será objectiva ou não. Lá partiram, aos pares, entre risadas e vontade pelas ruas do Bairro Alto:

– Dás-me um balão?

À resposta “esta não é a minha rua, dou-te mais lá a cima”, ou “queres saber sobre o que é?”, ou ainda “olha, não podes rebentá-lo”. Eram o que diziam os rostos mil que lá estavam. Mais risada, mais divertimento e no fim levou um belo par de tenis nos pés, meio infantil – de soquetes, saia preta e bolero verde – meio à lá Betty Feia – meio basof.

RainingAirMax

Advertisements

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s