Tag Archives: Cinema

Coco always Chanel

Arrepio. Depois, inveja, insignificância – tudo isto enquanto os pêlos dos braços se voltavam a levantar. É arrepiante perceber a vida de Gabrielle Chanel.

Como é que alguém cria assim? Que processo? Que metodologia? Que inspiração? Para a última ainda há a possibilidade dos pescadores bruxuleantes que içavam a rede de pesca às riscas azuis e brancas; a necessidade de conforto; o despojar das formas, melhor, o potencializar das formas, do mistério, do implícito.

Ora, mas que mulher! Que ser capaz de ultrapassar aquilo que a rodeava. Pergunto-me vezes sem conta enquanto ainda tinha Audrey Tautou a olhar para mim.

A conversa e os motivos da treta é esquecê-los. Se era magra, baixa, se gostava de pessoas ou só de homens. Questiono-me vezes sem conta. Arrepio-me. Onde é  que ela foi buscar aquela simplicidade? Porquê?

A recusa social é perceptível. Rapariga pobre, criado num orfanato, descrente no amor. Agora em moda?

[Curioso, vinha de metro enquanto escrevia e na tentativa de descobrir uma música que me agradasse percebi que a tarefa se revelou bem mais árdua do que aquilo que eu pensava. Desliguei-o]

Desconforto. “A pele é o mais belo dos corpos” decorei eu e a Audrey. Incomoda-me. Invejo a forma como ela criava. Mais do que se inquietar, Gabrielle, rejeitava quase violentamente aquilo que  via pendurado nas outras mulheres; cobiçava os tecidos que envolviam os outros só porque era inteligente. E culta, meu Deus!

Mais do que aproveitar, ela conseguia transformar as peças, dava-lhes uma outra vida, outra alma. Espírito inquietante, pensativo, biografia viciante. Fiquei com sede de coco.

Nervosa. Desconfortável.

coco_before_chanel01

GetAttachment

GetAttachment1

GetAttachment2

OCO4286

tatou_as_chanel_wideweb__470x314,0

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Brevemente: Coco Avant Chanel

[Curiosidade, ansiedade e mais alguns sentimentos terminados em ade. Está a chegar]

3 comentários

Filed under Uncategorized

Oscar 2009 – The Duchess

[O Oscar 2009 de Melhor Guarda-roupa foi para a Duquesa. Ja tinha visto o filme ha algum tempo e enquanto filme de epoca esta bastante bem conseguido – especial atencao para os penteados – entre os outros nomeados – Australia, The Curious Case of Benjamin Button, Milk e Revolutionary Road – 

The Curious Case of Benjamim Button tem a maior quantidade de vestuario mas Cate Blanchett esta muito bem vestida nas decadas de 5o e 70]

14 

keira-knightly-duchess1 

015654730-gdq00

3 comentários

Filed under Uncategorized